RSS feed for Murilo
  • It Chapter Two

    It Chapter Two

    ★★★★

    It malia 😍

  • The Nun

    The Nun

    ½

    Tic tac tic tac tic tac.. BOOM!!

  • Fala Sério, Mãe!

    Fala Sério, Mãe!

    ★★½

    Um roteiro ruim, uma direção medíocre segurado pelo carisma de Larissa Manoela e pela química dela com a Ingrid!

  • Whirlpool

    Whirlpool

    ★★★★★

    Redemoinho é o medo de ter seu destino já prescrito e aceitá-lo de bom grado como todos nessa cidade pacata fazem, um reencontro de dois amigos que traz inquietação e o questionamento de viver a vida do jeito que lhe foi imposta. É a dor do passado e o medo desse ciclo, do mundo que dá voltas não saindo do lugar.

  • Peace to Us in Our Dreams

    Peace to Us in Our Dreams

    ★★½

    É incrível a sensibilidade que o filme tem e a comunicação através do silêncio, apresentando personagens complexos e interpretados por atores que carregam a mágoa necessária nos olhos.

  • O Animal Sonhado

    O Animal Sonhado

    ★★★★

    Estudo minucioso sobre desejo sexual, desde a repressão até a libertação, desenvolvido em seis histórias que abordam o tema de pontos de vista e questões diferentes, deixando em aberto o espaço para interpretação e isentando seus personagens de julgamento em cena, deixando para quem assiste essa função, tudo isso com abordagens diversificadas, de narrativa e linguagem.

  • Tom at the Farm

    Tom at the Farm

    ★★★½

    Quando o jovem cineasta Xavier Dolan surgiu em 2009 com seu filme de estreia "Eu Matei Minha Mãe" logo conquistou o júri de festivais mundo afora, nada mais justo, já que a história da mãe dedicada tendo de lidar com seu filho mimado não poderia soar mais sincera. Não há nada melhor que um roteirista que conheça sua história e um diretor que a conte com a verdade que merece e por isso que o jovem mereceu todo o reconhecimento.…

  • The Grand Budapest Hotel

    The Grand Budapest Hotel

    ★★★★

    "I beg your pardon?"

    O filme nada mais é a comprovação de que o estilo único de Wes Anderson ainda tem muito a ser explorado, aqui é mantida todas as manias adoráveis de linguagem que o diretor tanto abusa, a diferença é que dessa vez a fabula é mais completa, atraente e assim como toda sua filmografia, muita simpática.

    Uma aventura de elenco sem igual, de personagens curiosos e cativantes, que é regida por ninguém mais, ninguém menos que o Hotel Budapest, o protagonista perfeito.

  • The Hobbit: The Battle of the Five Armies

    The Hobbit: The Battle of the Five Armies

    ★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    A sensação que fica afinal é de que o filme deveria ter acabado nos primeiros 10 minutos, momento em que perdemos o brilhante vilão Smaug, daquele momento em diante é preciso criar coragem para enfrentar um primeiro ato arrastado e de explicações que encaminha a trama para algo que o subtítulo já previa: A não tão épica (quanto Peter Jackson gostaria que fosse) Batalha dos Cinco Exércitos.

    Por mais que seja repleto de momentos bons e divertidos que nos faça…