Inside Man ★★★½

Filmes sobre assaltos a bancos já se tornou um gênero saturado e é difícil sair das fórmulas já estabelecidas e surpreender o público com planos engenhosos e personagens carismáticos ou intrigantes, e quando alguém consegue entregar essas características se torna digno de ser apreciado e comentado. E apesar de algumas coincidências forçadas e detalhes omitidos que não explicam grande parte da trama, conseguimos nos divertir e nos entreter com a obra.
No quesito de atuações o longa se sai ok, todos estão operantes em seus papéis, mas a caricatura de alguns personagens como principalmente o desempenhado por Denzel Washington chegaram a me irritar. O filme é muito bem filmado, com tomadas aéreas e planos mais longos que demonstram um grande domínio do local por parte do diretor, tudo foi bem planejado neste obra.
Acredito que o motivo pelo qual o filme se tornou tão popular foi devido ao final do plano que se provou bem criativo e inovador, mesmo que improvável. Mesmo com todos os clichês você se mantém curioso sobre a confiança do protagonista e como ele sairá ileso daquela situação, mas não foi o suficiente para tornar o filme grandioso tornando-o bem brega em algumas situações além de algumas subtramas desnecessárias e que não agregam em nada a história do filme.
Inside Man é um filme genérico de ação e assalto a banco, que não se diferencia muito dos milhares de outros semelhantes ao mesmo, mas que diverte e entretém durante sua duração, para quem gosta de filmes deste tipo pode ter um prato cheio.