Zodiac ★★★★

O ser humano é dependente de respostas, sempre buscamos explicações para tudo e nos apegamos a qualquer coisa que se aproxime disso. Imagine quando isso se aplica a um caso de um assassino misterioso, que continua solto apesar de todos os esforços e toda a dedicação das pessoas envolvidas no seu caso por mais de 25 anos, o quanto isso pode mexer com alguém e com sua vida. Compartilharei uma frase que li sobre esse filme me chamou muita atenção e diz muito sobre o que o filme é, “Existem mais de uma maneira de perder sua vida para um assassino”.

Aqui temos um grande exemplo de como uma excelente direção faz diferença em um filme, David Fincher é um dos grandes diretores de sua geração, e aqui ele usa o melhor que a tecnologia pode oferecer, usando muito CGI para incrementar sua história e não como seu ponto principal, e o poder que isso dá ao longa é incrível, pesquise no youtube o quão bem feitos são os efeitos visuais deste filme. A recriação de época é primorosa e se beneficiou muito dessa ferramenta, mas mesmo as locações recriadas fisicamente são incrivelmente detalhistas e fiéis.

O trabalho de cores nos cenários e dos figurinos são pontos a serem levantados, com muito uso do azul e do amarelo, retratando grande parte dos dois estados de espírito da investigação, azul sendo para quando o caso estava “frio” e mais abandonado e com o amarelo para quando o caso ainda estava vivo e se tinha esperança de que poderia ser concluído, até mesmo a iluminação dos cenários realçam essas cores, tudo foi muito bem planejado e minuciosamente executado.

Todos os atores estão bem em seus papéis, não há grande atuações memoráveis, mas ninguém deixa o nível do filme cair, a decepção, a obsessão e a raiva são sentimentos muito bem retratados por todos e visíveis em suas expressões. Além de conseguirem lidar bem com a exigência do diretor para que conseguissem falar suas frases o mais rápido possível, e em nenhum momento isso se torna confuso ou irreal, a naturalidade e a realidade desse filme é algo elogiável.

Porém esse mesmo detalhe dos diálogos rápidos prejudica no quesito do ritmo do filme, pois em alguns momentos somos bombardeados de informações e nomes, tornando o longa frenético e requerendo muita atenção para não perdermos seus detalhes e informações, mas em outros momentos era abordada uma lentidão maior para as situações e as conversas, entediando muitas vezes o público, mostrando como essas transições não foram bem dosadas.

Zodiac é um excelente retrato de como a obsessão por respostas pode afundar uma pessoa e sua vida pessoal, além de se mostrar uma crítica a todo um sistema que parece ter se esquecido e até mesmo desistido de pegar um criminoso que continua impune mesmo com muitas pessoas dispostas e encontrá-lo e prendê-lo. Brilhantemente dirigido e com boas atuações, não deve ser perdido por ninguém, um dos melhores filmes de mistério que já assisti, mas que deve decepcionar aqueles fãs mais fervorosos de momentos de ação com trocas de tiro e sangue, então fique avisado. Recomendo a todos.